Teletrabalho parcial avança em Comitê Gestor do TJSC

0
604

Ocorreu hoje (07/02), a 5ª reunião do Comitê Gestor do Teletrabalho no Tribunal de Justiça de SC. O SINJUSC levou as demandas dos trabalhadores em teletrabalho diretamente ao presidente do TJSC, desembargador Ricardo Roesler, presente na reunião.

O principal avanço é a possibilidade do teletrabalho parcial, autorizada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). No parcial, o teletrabalho pode ser feito em alguns dias da semana, inclusive em regime de revezamento. O teletrabalho parcial está em estudo e deve ser concluído ainda este ano.

O SINJUSC também suscitou a falta de padronização de critérios em relação ao gestor, que causam problemas no dia a dia de quem está em teletrabalho, e que os custos com equipamentos não devem ser exclusivas dos servidores.

Além disso, outros pontos também foram debatidos, como a capacitação para os gestores de unidades para compreender as particularidades do teletrabalho e dos teletrabalhadores. Também serão feitos ajustes nas normas internas do Tribunal de Justiça conforme as alterações feitas na Resolução n. 227 do CNJ como, por exemplo, o teletrabalho em outro país.

O Comitê ainda sugeriu que as avaliações do teletrabalho passem a ser a cada 6 meses, ao invés de trimestrais. Todas as alterações sugeridas serão levadas ao Órgão Especial ainda neste mês de fevereiro de 2020.

 

 

DEIXE UMA MENSAGEM

Please enter your comment!
Please enter your name here