Sindicato cobra do IPREV implementação da correção dos trabalhadores sem paridade

0
1071

O SINJUSC e o Núcleo dos Aposentados e Pensionistas cobraram, nesta segunda-feira, 12/11, do presidente em exercício do IPREV, Ademir da Silva Matos, o aumento já determinado pelo Governo Federal em janeiro de 2018, no percentual de 2,07%. Até o momento, o governador do Estado ainda não publicou o decreto para pagar esta dívida com os trabalhadores e trabalhadoras aposentados (as).

Na conversa com Ademir da Silva Matos, ele reconheceu a dívida com todos e todas as aposentadorias sem paridade. Afirmou que é fundamental a cobrança dos sindicatos para que esse direito seja implementado. O pagamento, pelo IPREV, de todas as aposentadorias do judiciário sem paridade teria um custo de R$ 500 mil. Essa dívida cresce mensalmente.

O SINJUSC busca, junto com o NAP, promover esse direito de todos os trabalhadores e trabalhadoras. O Estado é devedor dos trabalhadores e é hora de colocar esse saldo em dia. Juntos conquistaremos a recomposição.

Você é o Sindicato! O Sindicato é você!

DEIXE UMA MENSAGEM

Please enter your comment!
Please enter your name here