Pelo terceiro mês, governo arrecada mais e aumenta repasse ao judiciário

3
734

A arrecadação do Governo do Estado de Santa Catarina continua subindo. Pelo terceiro mês consecutivo, foi melhor a arrecadação em 2019 do que em 2018. Quando sobe a arrecadação do Governo, sobe junto o repasse ao Poder Judiciário.

Nos três primeiros meses, a arrecadação chegou a quase 8 bilhões. O governo previu arrecadar R$ 28 bilhões entre janeiro e dezembro de 2019

O Portal da Transparência de Santa Catarina informa, nesta segunda-feira, 01/04, que o Estado arrecadou em março R$ 2,9 bilhões, ou seja, um aumento de 7,2% em relação a março do ano passado.

Com o aumento na arrecadação, aumentam os repasses aos poderes e a possibilidade de atendimento de pautas econômicas dos/as trabalhadores/as a partir das negociações e das mobilizações nos locais de trabalho.

Só sobe

Nos três primeiros meses de 2019, o crescimento bruto alcançou 11,1%, e o líquido, 9,7%. São dados expressivamente positivos, que indicam a capacidade do Governo Estadual de honrar seus compromissos.

No caso do Tribunal de Justiça, que tem seus repasses atrelados na arrecadação estadual, o aumento na arrecadação é sinal positivo de que haverá caixa para atender pleitos econômicos, como a reposição da inflação na data-base, possibilidade de ganho real, e ainda começar a tratar de partes menos onerosas do PCS, melhoria no auxílio-alimentação e também conversações para o pagamento da URV.

Janeiro e fevereiro

Em janeiro, a arrecadação foi 12,29% maior do que a do mesmo período do ano passado, chegando a R$ 2,5 bilhões. Em fevereiro, o governo arrecadou 18,35% mais do que no mesmo período de 2018, totalizando 2,4 bilhões.

SINJUSC, 30 anos na defesa dos direitos de quem trabalha. Filie-se aqui

3 COMENTÁRIOS

    • Olá, o SINJUSC sempre está na luta do concurso público. O último certame realizado em 2018 pelo Tribunal de Justiça saiu após muita pressão do Sindicato.

  1. Faço coro no sentido de que o Sindicato possa pleitear junto à Administração do TJ a nomeação de aprovados do concurso, porém, em relação ao cargo de Oficial da Infância e Juventude, pois até o presente momento, nenhum foi convocado, nem mesmo para a Comarca de Lebon Régis, onde havia uma vaga prevista no edital. E em algumas Comarcas não existe nenhum OIJ lotado, como é o caso da Comarca de Bom Retiro, por exemplo.

DEIXE UMA MENSAGEM

Please enter your comment!
Please enter your name here