Negociação da data-base da categoria tem início com o Tribunal

Negociação da data-base da categoria tem início com o Tribunal


Em defesa da pauta de reivindicações da data-base da categoria, nos reunimos no 15/06, on-line com a Administração do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC). Entre todos os pleitos, focamos nossos esforços nos equívocos orçamentários do Tribunal, na saúde dos servidores, obrigatoriedade de um protocolo de retorno efetivo/preventivo para todas as comarcas, além da necessidade de testagem em massa para Covid e afastamento de grupo de risco.

Os 11 pontos da data-base 2020 (reveja aqui) protocolado no dia 29/05 foram previamente analisados pelas Diretorias de Orçamento, Saúde, Recursos Humanos e Tecnologia da Informação.

Os documentos foram enviados ao SINJUSC na última sexta-feira, 12/06, e agora estamos debruçados em apontar alguns equívocos na análise preliminar, diante da nossa pauta estar amplamente fundamentada e acrescida de estudos técnicos das áreas econômica e jurídica (em que recentemente reportamos: TJ feriu LRF ao superestimar contingenciamento).

Novos diálogos serão buscados e sublinhamos que o retorno ao trabalho presencial deve ocorrer somente no pós-pandemia, pois o Decreto Estadual do Governo de Santa Catarina determina a priorização de atividades administrativas mediante trabalho remoto, entre outras questões sanitárias, para evitar que o TJSC se torne ponto de disseminação da Covid-19 no Estado.

Vidas em primeiro lugar!

Participaram da primeira reunião juízes assessores da presidência pelo TJSC, e diretores e equipe técnica econômica e jurídica pelo SINJUSC.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *