Jornada de 6 horas tem apoio até da Magistratura

3
2541

A jornada de trabalho de seis horas diárias é um dos principais temas que precisa de um desfecho. É uma questão de economia, melhora da saúde do servidor e aumento da produtividade. O SINJUSC segue nesta atividade de aprovação da jornada de seis horas no Judiciário, sem que isso afete a remuneração. Em todos os Estados da Federação o posicionamento é unânime: é preciso reduzir a jornada sem prejudicar os servidores.

Inclusive, a diretoria de saúde do Tribunal de Justiça de SC encaminhou e-mail a todos os servidores sugerindo a hora de 50 minutos. Ou seja, a cada hora trabalhada se descansa dez minutos (leia aqui a publicação).

No último mês de novembro, a Associação dos Magistrados do Brasil (AMB) manifestou-se em petição, sugerindo que seja fixado horário de atendimento ao público, em todos os tribunais do país, à exceção da Justiça Eleitoral, de seis horas ininterruptas, cabendo a cada corte, no âmbito de sua autonomia administrativa e observando as peculiaridades locais, estabelecer o início e final do expediente (leia aqui a publicação).

A AMB encaminhou ao relator, Luiz Fux, no STF, planilha com informações consolidadas dos Tribunais sobre o tema. O levantamento foi realizado a partir das informações recebidas, inclusive do TJSC, e de todos os Tribunais Estaduais.

O SINJUSC reafirma que a jornada de seis horas é benéfica, com ganhos para ambos os lados, com a redução nas despesas do Tribunal, como nos custos de energia elétrica, e aumento da produtividade trazido pelo benefício social que uma hora a mais de descanso proporciona aos servidores.

Sempre bom lembrar que a jornada de seis horas é realidade no Executivo e no Judiciário de vários Estados, sem afetar o rendimento do servidor e a qualidade no atendimento à sociedade.

3 COMENTÁRIOS

  1. E COMO ESTÁ AQUELA AUTORIZAÇÃO LEGISLATIVA QUE PERMITE REDUZIR O VENCIMENTO PELA DIMINUIÇÃO DO HORÁRIO? A REDUÇÃO DE HORÁRIO SEM REDUÇÃO DE SALÁRIO SERÁ UMA GRANDE VITÓRIA… E REALMENTE NECESSÁRIA PARA A SAÚDE DO SERVIDOR!

  2. Gostaria de obter mais informações acerca do suposto e-mail enviado pela diretoria de saúde do Tribunal de Justiça de SC sugerindo a hora de 50 minutos. A matéria “Exames periódicos e hora de 50 minutos em pauta com Diretoria Saúde” só menciona que a pauta foi defendida pelo SINJUSC em reunião, mas não fala nada sobre o e-mail, o qual eu nunca recebi.

  3. Está mais do que na hora de a jornada de 6 horas virar realidade. Já que nunca sobram verbas para melhorar nossa remuneração que diminuam nosso tempo de trabalho então!

Deixe uma resposta para Rodrigo Silva CANCELAR

Please enter your comment!
Please enter your name here