Governador Moisés aceita dialogar com servidores sobre reforma da previdência

0
909

O Governador Carlos Moises se comprometeu a conversar com os sindicatos sobre a reforma da previdência estadual. O aceno de diálogo foi articulação do SINJUSC junto com diversas outras entidades e apoio do deputado Fabiano da Luz (PT).

A proposta de emenda à Constituição (PEC 013.3/2019) e o projeto de lei complementar (PLC 033.5/2019) que tratam da reforma previdenciária dos servidores públicos do Estado de Santa Catarina já tramitam na Assembleia Legislativa (Alesc) desde novembro desse ano, mas o cronograma de tramitação ficou pra fevereiro, na volta do recesso parlamentar.

Servidores de diversas categorias realizam ato no começo do mês contra o projeto. O SINJUSC esteve presente somando força e antecipa aos colegas do judiciário a importância de ampliar a mobilização. A reforma, como reportado inúmeras vezes aqui no site em matérias, lives no Facebook  e nos impressos do sindicato, vai atingir os servidores do judiciário catarinense.

Como estratégias, o sindicato constrói ações para barrar a proposta junto a com  Associação dos Magistrados Catarinenses (AMC), Associação do Ministério Público de Santa Catarina, Associação de Delegados do Estado de Santa Catarina, Associação dos Policiais Civis de Santa Catarina, SIMPE e SINDFISCO.

A somar, um Fórum de Servidores Públicos municipais, estaduais e federais trabalha ações conjuntas e estratégicas; o SINJUSC faz parte. Além disso, o jurídico do Sindicato está atento ao assunto.

Mas como alerta, para impedir que o projeto avance na Alesc e o servidor tenha que trabalhar mais anos e receber menos, cada um tem que fazer sua parte.

Como? Participe dos chamados de mobilização do SINJUSC, posicione-se contrário nas redes sociais, cobre do seu deputado e governador a rejeição da proposta.

Juntos Somos mais Fortes!

DEIXE UMA MENSAGEM

Please enter your comment!
Please enter your name here