Coletivo Valente e SINJUSC apoiam iniciativa de combate à violência doméstica em Blumenau

0
615

O Coletivo Valente e o SINJUSC aderiram à campanha em defesa do isolamento social da empresa Eldorado de Blumenau e colaboraram com a instalação de um outdoor na cidade, ao custo de apenas R$ 200 (valor da instalação). Várias outras empresas e entidades apoiaram e fizeram exposição de dicas ou frases, conforme a causa ou luta que defendem.

Há frases de nutricionistas sobre alimentação, de médicos sobre cuidados com saúde e o Coletivo Valente por defender o fim da violência doméstica escolheu a frase: “Mulher, o isolamento social é para te proteger. Se em casa há violência, ligue 180”.

Somente em Blumenau, as ocorrências de violência doméstica registraram aumento de 39% durante a quarentena, comparado com o mesmo período do ano passado. De acordo com a Polícia Militar, foram atendidas 78 ocorrências na cidade durante o mês de março, por meio do 190, o telefone de emergência da Polícia Militar. Em 2019, 56 chamados foram recebidos no mesmo período.

Em um país cuja população feminina sofre violência a cada quatro minutos e 43% dos casos acontecem dentro de casa, essa preocupação é real. Na categoria de servidores do judiciário catarinense formada por 60% de mulheres, essa preocupação também é real.

O outdoor está fixado na via expressa, próximo ao shopping Park Europeu, em Blumenau

Quando o SINJUSC realiza eventos sobre o assunto, lança revista, promove debates, encontros e formação, ele não se furta de outras pautas da categoria. Ao contrário do que se possa imaginar, avançar nestes temas é estar mais próximos das pautas internas. De qualquer maneira, uma não exclui a outra. A luta contra a reforma da previdência continua sendo feita. O regime de urgência caiu pressionado pela atuação política e pressão dos servidores públicos e o sindicato está em constante vigilância. Projetos de corte de salário ou de direitos propostos pelo Congresso ou Alesc têm resposta rápida do Sindicato, que além de informar, traz maneiras de combate às medidas. Leia mais sobre aqui.

A mesma atenção e prioridade é dada a toda e qualquer movimentação do Tribunal de Justiça sobre congelar ou cortar salários e benefícios e de demitir trabalhadores terceirizados (que já começou em desacordo com a lei trabalhista). O SINJUSC continua defendendo o isolamento social e rejeitando qualquer medida de redução de salário; sobre alternativas econômicas, leia aqui.

Contra as notícias falsas, a resposta é o site do SINJUSC ou as redes sociais (Facebook, Twitter, Youtube, Instagram), que trazem toda Luta do SINJUSC em defesa dos DIREITOS e da VIDA dos trabalhadores.

Exemplos de outros outdoors pela cidade de Blumenau

DEIXE UMA MENSAGEM

Please enter your comment!
Please enter your name here