A Reforma da Previdência e seus impactos no seu direito à aposentadoria

0
983

Após uma tarde de Assembleia Unificada entre trabalhadores municipais, estaduais e federais, que foram à Praça Tancredo Neves em Florianópolis defender o serviço público, o SINJUSC promoveu no final do dia palestra para alertar sobre os “Impactos da Reforma da Previdência aos Servidores Públicos catarinenses”. O palestrante convidado foi o advogado Rafael Campos de Oliveira, do escritório Pita Machado. A ocasião também foi transmitida ao vivo pelo Facebook do Sindicato. Muitos comentários, compartilhamentos e visualizações.

Por todo o Estado os trabalhadores puderam contribuir com seus comentários. A Live foi um sucesso, com conexões de todas as comarcas de SC. As dúvidas enviadas pelos comentários e pelo Conecte SINJUSC (whatsapp 48 9642-6874) serão respondidas no próximo dia 10/12, em uma nova transmissão ao vivo com o advogado Rafael Campos. O SINJUSC vai manter esse formato de disseminação de informações e conteúdos para democratizar o acesso às informações para aqueles que estão longe do auditório do Sindicato. Reveja na íntegra a live:

O advogado Rafael Oliveira apresentou ao público alguns pontos que afetam diretamente os servidores, na dita (ou maldita) Emenda Constitucional nº 103 de 12/11/2019, a mesma que foi encaminhada pelo Governo de Santa Catarina à Assembleia Legislativa (PEC 013.3/2019) em caráter de urgência, faltando três semanas para o recesso. Para Rafael, isso representa uma afronta aos direitos dos servidores. Afirmou que tem muito assunto a ser discutido no campo jurídico, inclusive a falácia da economia aos cofres públicos caso passe a reforma aqui no Estado. Durante sua apresentação, pontuou algumas situações que os servidores devem se atentar para manter o direito à aposentadoria total.

“Quão injusta é a Reforma nesta forma que passou. E para piorar, fundamentada num texto mal redigido e confuso. Talvez seja este seu propósito”Rafael Campos de Oliveira, Advogado.

Clique AQUI e vote NÃO ao projeto de Moisés.

Clique AQUI e vote NÃO ao projeto que muda a Lei Complementar 412 do Regime Próprio de Previdência dos Servidores.

DEIXE UMA MENSAGEM

Please enter your comment!
Please enter your name here