SINJUSC conquista o maior reajuste nominal 2016-2019 para os servidores de SC, apura o DIEESE

0
1260

O Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE) divulgou o ranking nacional dentre todos os Estados para apontar o que ocorreu com os vencimentos básicos dos servidores e servidoras do judiciário desde 2016. O ranking é divulgado todos os anos pelo DIEESE.

Entre 2016 e 2019, Santa Catarina teve o maior aumento nominal no salário, dentre todos os Estados, no nível superior, e o segundo maior, no nível médio, atrás do Maranhão. A conclusão é da subseção do serviço público do DIEESE de Santa Catarina.

No Estado de Santa Catarina, em outubro de 2016, o vencimento básico do nível médio era de R$ 3.317,50, chegando a R$ 3.856,79 em maio de 2019. Já vencimento do nível superior, em novembro de 2016 era de R$ 5.710,74, e passou para 6.639,06 em maio/2019.

Apesar da existência de data-base na maioria dos Estados não é comum a obediência ao mês data-base para reajuste dos servidores pelas administrações dos Tribunais. No Rio Grande do Sul, por exemplo, os servidores estão sem reajuste há cinco anos. No Paraná, a reposição da inflação de 4,94% que deveria ter ocorrida em maio deste ano ainda não foi feita. No Pará, está ocorrendo uma greve dos servidores do judiciário pela data-base integral.

A pesquisa divulgada pelo DIEESE fornece elementos para a ação sindical e para garantia permanente da data-base no mês de maio. Nos últimos anos, Santa Catarina se destacou por conta das mobilizações da categoria nos seus locais de trabalho e da diretoria do SINJUSC junto ao Tribunal para assegurar a reposição salarial da data-base.

DEIXE UMA MENSAGEM

Please enter your comment!
Please enter your name here