Sindicato se reúne com Diretoria de Saúde do TJ para tratar de ruído em Braço do Norte e pesquisa sobre efeitos do eproc

0
315
Diretor do SINJUSC, Hélio Neto, e o assessor do programa de saúde mental do Sindicato, Mateus Graoeske Mendes, na reunião com o diretor de Saúde do TJSC, José Eduardo Cacese Shiozawa

O SINJUSC reuniu-se com a Diretoria de Saúde do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC) na tarde desta sexta-feira para apresentar proposta de pesquisa a ser encaminhada ao Núcleo de Saúde, para estudo dos efeitos com a implantação do sistema de informatização do trabalho.

O Sindicato também tratou de caso verificado em Braço do Norte, em que servidores encaminharam reclamação ao Tribunal sobre o ambiente de trabalho no Fórum, que foi tratado apenas no âmbito da engenharia e não resolveu a reclamação dos trabalhadores e trabalhadoras, quanto ao ruído.

Para encaminhar uma solução ao pedido de Braço do Norte, o Sindicato envia ofício para a Diretoria de Saúde, sobre a necessidade de avaliação ergonômica da sala da 1ª Vara Cível de Braço do Norte. O diretor de Saúde, José Eduardo Cacese Shiozawa, informou que 4 empresa provadas foram contratadas para realizar verificação em todos os ambientes de trabalho, inclusive depósitos, no Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA).

O SINJUSC apresentou ao diretor de Saúde análise de que em muitos prédios utilizados pelo judiciário há a necessidade de adequações, com vistas a melhorar as condições para os servidores.

O Sindicato acompanha o encaminhamento de solução para o caso de Braço de Norte e realiza reunião em dezembro para dar andamento à pesquisa sobre os efeitos da implementação do eproc.

Filie-se ao SINJUSC. Juntos somos mais fortes!

DEIXE UMA MENSAGEM

Please enter your comment!
Please enter your name here