Com indefinição do Governo, Moisés confirma que vai mexer na aposentaria de servidores públicos

0
1379

Enquanto não há consenso do Governo sobre incluir Estados e municípios na reforma da previdência, o Governador Carlos Moisés confirma que vai mexer na aposentadoria dos servidores públicos. Ele quer mudar a constituição pra fixar idade mínima enviando Proposta de Emenda Constitucional à Alesc. A informação foi dada esta semana no Diário Catarinense, após compromisso do governador com deputados estaduais.

Moisés tem se esforçado bastante para defender a reforma. Pediu apoio dos deputados federais, quando o projeto ainda tramitava na Câmara (sem êxito) e agora que a PEC paralela do Senado enfrenta resistência na Câmara, o governado articula para convencer os deputados estaduais da “necessidade” de fazer o servidor trabalhar mais, pra se aposentar com menos.

Sempre justificando que o Estado paga mais em previdência do que arrecada e que a reforma é pra todos, Moisés esquece de falar da inclusão da sua classe (bombeiro militar) na reforma.

Senado

A votação no plenário do Senado, que seria ontem, ficou para a semana que vem. Ainda dá tempo de você, servidor, pressionar o seu deputado federal a votar contra. Em Santa Catarina, são três senadores eleitos: Esperidião Amin (PP), Jorginho Mello (PR) e Dário Berger (MDB). Veja a seguir os contatos. Veja a seguir os contatos.

 

📌 DÁRIO BERGER (MDB)

61 9113-4799

www.facebook.com/DarioEliasBerger

www.instagram.com/dariobergersenador

twitter.com/darioberger

dario.berger@senador.leg.br

 

📌 ESPERIDIÃO AMIN (PP)

48 9981-4527

www.facebook.com/esperidiaoamin

www.instagram.com/esperidiaoamin

twitter.com/esperidiaoamin

sen.esperidiaoamin@senado.leg.br

 

📌 JORGINHO MELLO (PL)

48 9911-2223

www.facebook.com/jorginhomello.sc

www.instagram.com/jorginhomello

twitter.com/jorginhomello

sen.jorginhomello@senado.leg.br

DEIXE UMA MENSAGEM

Please enter your comment!
Please enter your name here