Adiada votação do plantão regionalizado. SINJUSC segue trabalho de conscientização com o Conselho da Magistratura

0
614
SINJUSC em conversa com o desembargador Altamiro de Oliveira, membro do Conselho da Magistratura e 3º Vice-Presidente

Sem consenso, o Conselho da Magistratura adiou para outubro a votação do plantão regionalizado. O 3º Vice-Presidente e desembargador Altamiro de Oliveira pediu vista porque entende que as mudanças precisam analisadas com profundidade. O magistrado, inclusive, concorda com a defesa do SINJUSC, de que é preciso remunerar os plantonistas.

Até agora, o sindicato tem feito intensivo trabalho de convencimento com os membros do Conselho para expor que as mudanças prejudicam a categoria. Foi feita uma pesquisa nas comarcas e 94% dos respondentes rejeitaram a regionalização.

Novas articulações serão feitas nos gabinetes dos membros do Conselho e o SINJUSC espera que os magistrados tenham sensibilidade e abram espaço nas discussões para ouvir os servidores.

Adoecimento dos plantonistas
Quem faz plantão está sobrecarregado e adoecido. Na pesquisa, os trabalhadores disseram sofrer por causa da pressão por agilidade, por ansiedade, insegurança física e outros males. O próprio CNJ abriu diálogo e colocou o SINJUSC na mesa para debater a saúde do servidor. O Tribunal deveria fazer o mesmo.

DEIXE UMA MENSAGEM

Please enter your comment!
Please enter your name here