Governo diz que reforma da previdência é justa e necessária, mas nega debate e acesso a dados

2
254
Trabalhadores de Chapecó na luta em defesa da previdência

O governo quer endurecer as regras da aposentaria aumentado o tempo de contribuição e diminuindo o valor do benefício recebido. Alega que ela é justa e necessária, que irá gerar empregos e economia de aproximadamente R$ 1 trilhão em dez anos, mas se nega a a debater e mostrar os números.

O Ministério da Economia impôs sigilo (censura) a qualquer estudo estudos e/ou pareceres técnicos que embasaram PEC da Previdência. A justificativa: o mercado. O governo anda muito preocupado com os bancos e pouco com o povo.

O projeto volta à pauta da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) hoje (23/04), mas oposição da Câmara quer novamente suspender a votação até que o Governo quebre o sigilo imposto e dialogue com a população de forma democrática e transparente.

> Votação na CCJ está marcada para esta terça 23. Pressione deputados. Mobilize-se!

O SINJUSC tem contribuído no debate e auxiliado trabalhadores públicos e privados a entender os efeitos negativos da proposta. Diversas matérias e vídeos foram publicados e segue campanha em conjunto com a Fenajud. Para auxiliar nas discussões, o Sindicato e a a Associação Nacional Servidores Previdência Social (Anasps) trazem a Florianópolis o ex-ministro da Previdência Carlos Eduardo Gabas, para palestras no dia 9 de maio, às 19h30 no auditório do SINJUSC. Saiba como participar.

> Checagem de Fatos: reforma da Previdência – verdades e mentiras

Para o SINJUSC, todos os trabalhadores merecem ter seus direitos respeitados e a segurança de um sistema justo que proteja todos na saúde, na doença e velhice, por isso, somos contra a Reforma da Previdência.

> Texto da “reforma” da Previdência contém inconstitucionalidades
> Reforma da previdência: um agrado ao sistema financeiro em detrimento de quem vive do seu trabalho
> “Reforma” da Previdência prevê até 22% de desconto mensal em folha do servidor
> Reforma da previdência afetará todos
> Entenda o tripé da “reforma” da previdência

2 COMENTÁRIOS

  1. Também existem notícias que os servidores do INSS estão proibidos de falar da reforma, que foram censurados, que saiu uma circular neste sentido.

  2. As notícias são que os servidores do INSS também estão proibidos de falarem a respeito da reforma, que saiu uma circular interna. Acredito que em decorrência de possuírem bastante informações, conhecimento técnico a respeito da temática e condições de desmontar o discurso do governo.

DEIXE UMA MENSAGEM

Please enter your comment!
Please enter your name here