Deputados federais de SC indefinidos na “Reforma” da Previdência

0
251

Sete deputados federais de Santa Catarina ainda estão indefinidos em relação ao voto da Reforma da Previdência. Dos 16 representantes de Santa Catarina, dois já disseram que votam contra a proposta e outros seis já declararam que são favoráveis. Uma deputada dá apoio parcial ao texto.

O SINJUSC convoca todas e todas para atuar junto aos deputados federais que ainda não decidiram o voto, encaminhando uma carta, cujo modelo está abaixo.

Assembleia geral dos/as trabalhadores/as do judiciário catarinense deliberou, em 15/03, pela luta contra a proposta que foi colocada em debate no Congresso Nacional porque retira direitos dos/as trabalhadores/as, amplia a idade de trabalho e aumenta o tempo de contribuição, diminuindo o valor da aposentadoria.

O levantamento sobre a posição dos deputados federais está no Termômetro da Previdência, atualizado às 11h desta segunda-feira, 25/03.

Diante das perdas que todos os/as trabalhadores/as terão com mais esta reforma, inclusive aqueles/as que trabalham no serviço público, o SINJUSC convoca filiados e não-filiados para remeter a carta aos/às deputados/as que ainda estão indefinidos.

Conforme o Termômetro da Previdência, a bancada de deputados federais catarinense está assim, em relação ao texto da Reforma da Previdência: são contra a reforma os deputados Rodrigo Coelho e Pedro Uczai; a favor estão Rogério Peninha, Gilson Marques, Fabio Schiochet, Daniel Freitas, Coronel Armando e Caroline de Toni. O apoio parcial é da deputada Geovania de Sá.

Veja os nomes e endereços eletrônicos para a remessa da carta:

Ricardo Guidi – dep.ricardoguidi@camara.leg.br

Hélio Costa – dep.heliocosta@camara.leg.br

Darci de Matos – dep.darcidematos@camara.leg.br

Celso Maldaner – dep.celsomaldaner@camara.leg.br

Carmen Zanotto – dep.carmenzanotto@camara.leg.br

Carlos Chiodini – dep.carloschiodini@camara.leg.br

Angela Amin – dep.angelaamin@camara.leg.br

Proposta de carta aos deputados:

Exmo.(a) Sr.(a) Deputado(a)

Os trabalhadores e as trabalhadores, ativos e aposentados, do Judiciário Catarinense vem pelo presente expor que deliberamos em Assembleia Geral da categoria, realizada dia 15 de março, por sermos contra a Reforma da Previdência.

Após longa discussão e com dados oficiais concluímos que nossa previdência não é deficitária, afinal os recursos para a Previdência são superavitários e não há motivos pelos quais seja necessário retirar mais direitos de quem se esforça em promover a justiça em Santa Catarina.

Além disso é necessário afirmar que muitos perderão com essa reforma, e permanece uma série de dúvidas de como será paga a previdência de quem já está próximo da aposentadoria (e mesmo de quem já está aposentado) se os novos ingressos no sistema serão “privatizados”. Afinal vivemos num regime de “solidariedade entre gerações”, ou seja, se a solidariedade parar daí sim entendemos que a previdência será deficitária.

Desta forma Senhor(a) Deputado(a), pedimos para que vote contrariamente à esta Reforma da Previdência.

Atenciosamente,

Nome:

DEIXE UMA MENSAGEM

Please enter your comment!
Please enter your name here