Modificações e necessidades do Teletrabalho são discutidas em Comitê

0
498

Nesta segunda-feira (11/03/2019) aconteceu a reunião inaugural do Comitê Gestor do Teletrabalho, no qual o SINJUSC ocupa assento para discussões sobre o tema. Na ocasião, a DGP informou sobre a estruturação do teletrabalho e os números atuais de teletrabalhadores no TJSC. Atualmente, até março de 2019, 355 pessoas estão em teletrabalho, sendo 240 no primeiro grau e 115 no segundo grau. Iniciado em 2014, o teletrabalho começou com 134 pessoas no total, das quais 51 ainda dos primeiros selecionados ainda estão em teletrabalho.

Números

O crescimento do teletrabalho no primeiro grau iniciou com 118 pessoas (em 2016), passou para 145 (em 2017) e chegou a 232 pessoas (em 2018). No segundo grau, o início foi com 28 pessoas (2016), passou para 36 (2017) e chegou a 118 pessoas (em 2018).

Pauta

A pauta da reunião, suscitada pela DGP, ainda levantou a necessidade de capacitação, de atestado médico e de eventuais modificações necessárias nas normativas do teletrabalho. Quanto ao atestado médico, o Comitê entendeu que poderá ser fornecido por médico de qualquer especialidade, e não apenas por médico do trabalho.

O SINJUSC levantou a necessidade de se refazer o cálculo da produtividade por conta da mudança do trabalho pela implantação do e-proc. Além disso, suscitou a questão da exigência de alguns gestores sobre o comparecimento semanal físico no local de trabalho de quem está em teletrabalho, desconfigurando o regime integral.

Agenda

Por fim, o Comitê deliberou que se reunirá trimestralmente, coincidindo com a necessidade de prestação de contas trimestral do sistema pelo Tribunal de Justiça. As estatísticas de 2017 e 2018 do teletrabalho estão no SPA 16078/2018 e 18242/2018, respectivamente. A próxima reunião ocorrerá no mês de junho.

Participaram da reunião a juíza auxiliar da presidência, Carolina Ranzolin Nerbass Fretta, o juiz corregedor, Orlando Luiz Zanon Junior, o diretor-geral administrativo, Rodrigo Granzotto Peron, o diretor de gestão de pessoas, Raphael Jaques de Souza, o diretor de saúde, José Eduardo Cacese Shiozawa, o diretor de Tecnologia da Informação, Rafael Giorgio Ferri, a servidora Fernanda Joaquim da Silva Lipinski, e o representante do SINJUSC, Guilherme Peres.

Participe

Em todos os encontros, o SINJUSC levará a voz dos trabalhadores para a mesa de reunião, apontando os reais problemas do Teletrabalho, sugerindo formas para melhorar a situação para todos. Se você está em teletrabalho, participe enviando sugestões, temas, questionamentos e sugestões para o e-mail sinjusc@sinjusc.org.br.

SINJUSC: 30 anos de luta. Filie-se AQUI.

DEIXE UMA MENSAGEM

Please enter your comment!
Please enter your name here