Data-base zero nunca mais! Órgão Especial aprova reposição de 2,76% a partir de 1° de maio

4
83

O Órgão Especial do Tribunal de Justiça de Santa Catarina aprovou a reposição inflacionária de 2,76% medida pelo IPCA a partir de 1° de maio aos trabalhadores. O pagamento deverá ocorrer na folha suplementar até o final deste mês após a publicação da Resolução nos próximos dias.

Após um breve debate realizado entre os Desembargadores, o projeto foi colocado em votação e foi aprovado por unanimidade. A data-base da categoria vinha sendo “deixada de lado” nos últimos dois anos, quando a Presidência não aplicou sequer um percentual mínimo da inflação no mês de maio, tanto em 2016, quanto em 2017, e não levava a reposição da categoria no mesmo mês da data-base, em maio. Somente após a mobilização da categoria no ano passado é que os percentuais residuais do IPCA de 2016 (3,78%) e de 2017 (4,08%) foram implementados e concluídos somente em Dezembro de 2017.

Falta ainda o Tribunal colocar as Promoções por aperfeiçoamento e desempenho em dia, eliminando o atraso nos vencimentos. O pagamento das promoções referentes a 2017/2 está previsto para até o fim do mês de Junho.

Para que não aconteça o que ocorreu nos últimos anos, é importante continuar cobrando da administração respostas para a categoria. Mas é importante afirmar que somente a mobilização é que garantirá nunca mais haver uma data-base em maio com 0%.

Confira a nova tabela já com os ajustes elaborada pelo DIEESE.

Juntos somos mais fortes!

 

4 COMENTÁRIOS

    • Olá, colega. A proposta de ganho real proposta pelo SINJUSC ainda está sendo analisada pela Presidência do Tribunal. Qualquer novidade informaremos no nosso site. Obrigado pela sua mensagem e participação!

  1. Reposição de 2,76% é o mínimo do mínimo, o sindicato e toda categoria tem que lutar por ganho real. Inclusive, com o fim do auxílio-alimentação extra de R$ 300,00, alguns terão achatamento salarial.

DEIXE UMA MENSAGEM

Please enter your comment!
Please enter your name here