Sindicais
SINJUSC adere à Campanha Nacional 2018 contra a reforma da previdência
26/01/2018

O SINJUSC reafirma o compromisso de Lutar e Resistir contra a reforma da Previdência. A mobilização dos trabalhadores conseguiu adiar a votação para este ano, mas é preciso seguir desconstruindo as mentiras expostas pelo Governo, de que a previdência é deficitária e que o objetivo é acabar com os privilégios. Não somos privilegiados. O Congresso Nacional abre o ano legislativo em 5 de fevereiro e promete colocar o projeto da reforma em votação já no dia 19 de fevereiro.

Para pressionar a base aliada do Governo, uma agenda dos movimentos sociais e sindicatos está sendo construída: audiência pública, atos públicos, seminários e uma Greve Geral, a exemplo do dia 28 de abril. O SINJUSC chama seus trabalhadores a ficarem atentos ao site do sindicato para chamada de atividades de protestos.

Defender a previdência é Lutar contra a retirada de Direitos, é Lutar contra o retrocesso social e em favor da democracia. E esta Luta é DE TRABALHADORES, privados e públicos; a reforma não poupará nenhuma categoria, todos serão prejudicados, ativos, inativos pensionistas e seus dependentes. SINJUSC na Luta em defesa da aposentadoria!

Confira o calendário provisório:

3 e 4 de fevereiro - Reunião Ampliada do Fonasefe;

5 de fevereiro – Audiência pública da Comissão de Direitos Humanos e Minorias do Senado Federal, com o tema ‘O relatório da CPI da Previdência” (Anexo II – Ala Senador Nilo Coelho do Senado), às 9 horas;

6 de fevereiro – Reunião da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Previdência Social para debater uma jornada de ações contra a aprovação da PEC 287/2016, às 14 horas na Câmara dos Deputados (plenário a definir);

19 e 20 de fevereiro – Seminário em Defesa da Previdência Pública, com o tema ‘A Previdência Social que Queremos’ (auditório Petrônio Portela do Senado Federal – a confirmar). Início às 14 horas do dia 19/02, continuando durante todo o dia 20;

19 a 23 de fevereiro – Jornada de lutas dos servidores públicos, com caravanas e acampamento em Brasília contra a reforma da Previdência e para lançamento da Campanha Salarial 2018.

Com informações da Frente Parlamentar, Fenajufe e Sintrajud

 + Leituras

5 pontos da reforma da previdência que prejudicam mais as mulheres, segundo o Dieese

Fonte: infomoney

 

Mídia ignora críticas à Reforma da Previdência

Fonte: Reporter Brasil

 

Reforma da Previdência ignora R$ 426 bilhões devidos por empresas ao INSS

Fonte: Anfip

 

A PEC 287 fragiliza a Previdência e a aposentaria

Fonte: Diap

[ Mais sobre Sindicais ]

0800 701 1690

Avenida Mauro Ramos, nº 448, Centro - Florianópolis

SC - CEP 88.020-300