Sindicais
Mobilização adia terceirização de Assistentes Sociais e Psicólogos pra 2018
19/12/2017

O PLC 14 (terceirização) será votado somente no início do próximo ano, garantiu o relator da proposta na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Alesc, Deputado Jean Kuhnman, hoje (19/12), durante sessão. A tentativa do TJ de terceirizar Assistentes Sociais e Psicólogos ficou adiada para 2018 porque os trabalhadores e a Direção do SINJUSC continuam mobilizados. Mesmo com a afirmativa do deputado, o SINJUSC e categoria permanecem na Assembleia até o fim do dia, porque a reunião da CCJ ficou aberta e os trabalhos retomam nesta tarde.

Ainda hoje, também pode ser votado o PL 102 (venda de férias e licença-prêmio) na Comissão de Finanças, a partir das 13h30. Por isso, a vigília segue nesta terça-feira. Conforme noticiado, o relator do projeto na comissão, deputado Marcos Vieira, atendeu os constantes pedidos da categoria e apresentou seu relatório pela aprovação; prova de que união e pressão são instrumentos eficazes de Luta.

Para garantir a aprovação do PL 102 e barrar a terceirização no TJ, o SINJUSC vem dialogando com os parlamentares para garantir apoio, e é imprescindível que os trabalhadores mantenham-se unidos na Luta. Vale enviar e-mail, cobrar via redes sociais, ligar e, principalmente, estar presente nas votações. Nenhum Direito da categoria vem sem luta. #TerceirizaçãoNÃO! #SinjuscnaLuta

Leia também 🔽

Pela aprovação do PL 102, faça presença amanhã na Alesc

Venda de Férias e Licença-Prêmio (PL 102) só anda com pressão

Contra retirada de Direitos e por valorização, SINJUSC mantém vigília

Galeria de Fotos
[ Mais sobre Sindicais ]

0800 701 1690

Avenida Mauro Ramos, nº 448, Centro - Florianópolis

SC - CEP 88.020-300